Grêmio Traviú – A antiga Capelinha

Endereço: Av. Comendador Antônio Carbonari
Uso Original: 1ª Igreja do bairro
Período de Construção: 1914

No ano de 1893, imigrantes italianos oriundos do norte da Itália, especificamente de Trento e Veneto, compraram uma fazenda ao redor do monte chamado Traviú. Esse nome foi dado pelos índios quando ali habitavam. Nos primeiros anos tudo era de todos, mas com o crescimento das famílias e a chegada de outros conterrâneos, sucedeu uma separação amigável e provisória, na qual as famílias Tirolesas (vindas de Trento Tirol) situaram-se ao sul e os Trevisanos ao norte da fazenda.

Tradicionalmente católica, a comunidade se reunia para orações em um barracão improvisado que ostentava o quadro de Nossa Senhora das Vitórias. Em 1895 com tijolos de fabricação própria ergue-se a pequena capelinha no centro do bairro. Com o aumento dos fiéis, surgiu a necessidade da construção de uma capela maior. Edificou-se, então, uma outra ao lado que, durante 43 anos, foi o santuário onde se realizaram missas e casamentos dos moradores do bairro.

Com o passar dos anos, esta se tornou insuficiente, e em 10 de junho de 1956, lançou-se à pedra fundamental da construção da nova igreja, desta vez em outro local do bairro. Em função disto a antiga capelinha foi transformada, em 1959, em entidade oficial de cultura, esporte e lazer: o “Grêmio Traviú”. O edifício foi equipado com palco, auditório e equipamentos de som e cinema. Neste grêmio foram apresentados memoráveis espetáculos de teatro, recitais de música, palestras e conferências, além da projeção de filmes da época.

Por ocasião das festividades do centenário do bairro em 1992, o prédio passou por uma reforma onde foram acrescentadas novas escadas e executada nova pintura. A casca de reboco foi retirada e refeita com materiais novos. Tal intervenção encobriu uma de suas principais características: a escada redonda da entrada central. Na reforma também se fez um muro de pedra e uma nova escadaria de acesso, perdendo-se parte do átrio. Foi colocado em frente à porta de entrada um monumento em homenagem às famílias fundadoras, composto por três obeliscos que ostentam placas de bronze com as insígnias de origem dos moradores do bairro.



Circuito das Frutas Turismo Jundiaí Prefeitura de Jundiaí

Rota da Cultura Italiana | Desenvolvido por CIJUN | Política de Privacidade